Escolha a marca
Escolha o modelo
Principal
Venda seu carro!
Marcas e Modelos
Veículos Semi-novos
Veículos Novos
Serviços
Links Úteis
Localização
Dicas
Contato

Dicas para conservação do seu carro

COMO CUIDAR MELHOR DE SEU CARRO

  1. Serviço - deixe seu carro ser cuidado por alguém em quem você confia e, de preferência, que dê acesso ao serviço.
  2. Combustível - escolha um posto para abastecer. Assim, você evita a adulteração com a mistura de combustíveis de posto para outro.
  3. Pneus - devem ser calibrados uma vez por semana. Ou então, você pode perder os pneus e consumir mais combustível.
  4. Alinhamento e Balaceamento - mantenha o veículo sempre regulado.
  5. Manutenção - obedeça o plano do fabricante do veículo, principalmente no que diz respeito a lubrificantes, inclusive os recém-lançados sintéticos.
  6. Dia-a-Dia - verificar regularmente a solução da bateria e o nível do óleo.
  7. Faróis - tenha sempre regulados. E cuidado na utilização dos faróis altos. O motorista ofuscado ficará um certo tempo sem enxergar, após passar pelo seu carro.
  8. Segurança - cheque sempre os freios, utilize o cinto de segurança dirija Defensivamente e esteja sempre em dia com o seguro.
  9. Mecânico - Levar ao mecânico periodicamente para revisão do veículo.

LEMBRETES

  1. Passar em quebra-molas com o carro torto pode enpenar o chassi.
  2. Pisca-alerta só com o carro parado.Em túnel pode provocar acidente.
  3. Dar um "banho" no carro após a praia e rodar em plena orla com chaparia molhada contribui para impregnar o salitre e acelerar o processo corrosivo.
  4. Motor se lava com água - pulverizar é desaconselhado pelos fabricantes, pois o óleo estraga as borracha

 

  1. É possível utilizar pneus de marcas diferentes, contanto que tenham o mesmo desenho e sejam colocados em eixos diferentes. Por exemplo: pneus de marca igual nas rodas dianteiras ou nas traseiras.
  2. Pneus do mesmo eixo devem ter desgaste semelhante, para evitar que novo (com sulco) e um quase "careca" prejudiquem o comportamento da direção.
  3. Verifique se há sujeira na jante, que pode prejudicar a vedação do pneu e permitir a saída de ar.
  4. O desgaste normal do pneu é indicado pelo limite de 1,6 milímetro tolerado pelo fabricante. O sulco raso e nivelado com inscrição TWI ou um triângulo na lateral, próximo ao ombro, indica o desgaste.
  5. Além do desgaste normal, por inteiro, pode ocorrer o desgaste da lateral, por desalinhamento do carro, no meio do pneu (arrendondado), por pressão muito alta, e nas duas laterais, por causa de pressão baixa.
  6. "Cantar" pneus nas curvas, freagens e arrancadas violentas; e velocidade alta provocam maior desgaste.


    1. Não utilize derivados de petróleo, pois estes produtos agem diretamente na textura do pneu, que acaba perdendo elasticidade.
    2. Evite "raspar" o pneu no meio-fio na hora de estacionar.
    3. Nao esqueça de calibrar o estepe, observando também o seu estado de conservação, para evitar surpresas desagradáveis numa emergência.

 

LINGUAGEM DE CAMINHONEIRO

Os motoristas de caminhões, especialmente os que trafegam pelas estradas, costumam se comunicar através de sinais, o que muitas vezes evita acidentes. Os principais sinais utilizados pelos caminhoneiros são os seguintes:


  1. Pisca-pisca ligado para a esquerda (indica que vem um veículo em sentido contrário e não há condições de ultrapassagem).
  2. Pisca-pisca ligado para a direita (indica oista livre para ultrapassagem).
  3. Piscar os faróis para o veículo que vem em sentido oposto, com a mão oscilando como um pêndulo (indica acidentes na pista - colisão, queda de barreiras, pista impedida, animais ou pedestres na pista).
  4. Piscar três vezes o farol, com a mão para baixo com quatro dedos abertos (indica animais na pista).
  5. O mesmo sinal com apenas dois dedos (pedrestes na pista).
  6. Piscar faróis duas vezes seguidas (durante o dia) ou ligar e desligar as luzes rápida e sucessivamente por duas vezes, à noite (indica Polícia Rodviária).
  7. Pisca-pisca da direita e da esquerda ligados alternadamente repetidas vezes (indica caminhão vindo em sentido contrário e alerta para a largura da carroceria, ajudando a evitar colisões em pistas estreitas ou secundárias).
  8. Piscar faróis insistentemente para o veículo que vai à frente ou dar toques intermitentes na buzina (indica que qualquer coisa não vai bem ou que o motorista está com sono e dirigindo com perigo e imprudência).
  9. Buzinar duas vezes rapidamente (indica agradecimento).
  10. Pisar de leve no freio por duas vezes, complementando com gesto de braço (indica que o veículo à frente vai parar).
  11. Piscar farol, buzinar insistentemente, ligar-pisca alerta (indica alguma situação de desepero, como por exemplo, perder o freio numa descida).

 

Endereço: AV JOSE FARIA DA ROCHA , 2224  CEP:32.315-040 ELDORADO - CONTAGEM / MG Tel: (31)3351-5473
A Desenvolvimento - Desenvolvendo seu Futuro